segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

"Só olhar para ele, sentar ao lado, ouvir a voz, faz tudo ficar mais feliz. Algumas pessoas simplesmente valem a pena."

Tati Bernardi
“Que seja doce o dia quando eu abrir as janelas e me lembrar de você.
Que sejam doces os finais de tardes, inclusive os de segunda-feira - quando começa a contagem regressiva para o final de semana chegar.
Que seja doce a espera pelas mensagens, ligações e e-mails bonitinhos.
Que seja (mais do que) doce a voz ao falar no telefone.
Que seja doce o seu cheiro.
Que seja doce o seu jeito, seus olhares, seu receio.
Que seja doce o seu modo de andar, de sentir, de demonstrar afeto.
Que sejam doces suas expressões faciais, até o levantar de sobrancelha.
Que seja doce a leveza que eu sentirei ao seu lado.
Que seja doce a ausência do meu medo.
Que seja doce o seu abraço.
Que seja doce o modo como você irá segurar na minha mão.”

Caio Fernando Abreu

maçã, o alimento mágico.



Em meio a tantas pessoas querendo fazer dietas, propostas pelo médico, propostas pelo blog das anoréxicas. Já vi uma dieta que se passava uma semana inteira só bebendo leite!!! como pode, meu deus?
Uma pessoa que vive hoje em dia, provavelmente acostumada com fast-foods ou um almoço com arroz branco, feijão, bife e batatas fritíssimas não poderá aguentar uma mudança alimentar tão bruta.
Vieram a mim com uma hipótese de que a maçã, dependendo da dose, pode causar abertura do apetite, saciedade e até mesmo sensação de que bastante se comeu.
Pois é, interessante! e isso pode variar numa pequena mudança da quantidade de maçãs que você comeu:
Primeira maçã: Abre o Apetite (não coma só uma se quiseres emagrecer..)
Segunda maçã: Sacia (se você não come muito, acho que estará de bom tamanho)
Terceira maçã: Sinta-se como se tivesse comido um sanduíche, uma barrinha de cereais, tomado um suco e aí terá comido apenas 3 maçanzinhas!
Pra colocar o título dessa postagem vinculei essa história da maçã e seus poderes com as magias que são trazidas também por maçãs em alguns contos como A Branca de Neve...
Uma viagem louca que fiz, mas se fiz vou tentar apresentar da melhor forma pra vocês!

domingo, 27 de fevereiro de 2011

não queria passar por isso

[Espero que amanhã me depare com sorrisos largos e sinceros, com entrelaços amigos, com abraços. Com sol, e mesmo se a chuva vier seguir em frente e valorizar ainda mais os sorrisos.]
Não sei se todos passam por isso, acredito que sim e admito que eu tô passando.
Mas só passando.
passar por um momento em que há desejo de chorar, desejo de escutar músicas tristes -ainda sim-, de deitar e ficar olhando pro céu no colo de alguém que te quer bem, repousando, ou refletindo, ou simplesmente passando o momento, vivendo o momento.
Com vontade de carinho, vontade de tratar bem de forma diferente alguém. Vontade de apaixonar-se, talvez.

Talvez carência.
não queria passar por isso




Mas a solidão dói e eu sigo inventando personagens. Odeio minha fraqueza em me enganar. Eu invento amor, sim e dói admitir isso. Mas é que não aguento mais não dar um rosto para a minha saudade. É tudo pela metade, ao menos a minha fantasia é por inteiro.. enquanto dura. No final bruto, seco e silencioso é sempre isso mesmo, eu aqui meio querendo chorar, meio querendo mentir sobre a vida até acreditar. E aí eu deito e penso em coisas bonitinhas. E quando vou ver, já dormi.

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Pois aquele garoto que ia mudar o mundo, agora assiste a tudo em cima do muro.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011


Se alguém perguntar por mim, diz que fui por aí, levando um violão debaixo do braço. Em qualquer esquina, eu paro em qualquer botequim, eu entro e se houver motivo é mais um samba que faço. Se quiserem saber se eu volto diga que sim, mas só depois que a saudade se afastar de mim.
Eu tenho um violão pra me acompanhar, tenho muitos amigos eu sou popular, tenho uma madrugada como companheira. A Saudade me dó o meu peito me rói, eu estou na cidade, eu estou na favela, eu estou por aí sempre pensando nela. (Luiz Melodia)

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Quem quiser olhar pra mim vai ter que se conformar com minhas Havaianas roxas e meu cabelo despenteado, minha desatenção e minha falta de correspondência.

Que se possa sonhar, isso é o que conta.

Caio Fernando Abreu

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Bohemian Rhapsody

Is this the real life?
Is this just fantasy?
Caught in a landslide
No escape from reality

Open your eyes
Look up to the skies and see
I'm just a poor boy
I need no sympathy

Because I'm easy come, easy go
A little high, little low
Anyway the wind blows
Doesn't really matter to me, to me

Mama, just killed a man
Put a gun against his head
Pulled my trigger, now he's dead
Mama, life had just begun

But now I've gone and thrown it all away
Mama, oh
Didn't mean to make you cry
If I'm not back again this time tomorrow

Carry on, carry on
As if nothing really matters

Too late, my time has come
Sends shivers down my spine
Body's aching all the time
Goodbye everybody, I've got to go

Gotta leave you all behind
And face the truth
Mama, oh, I don't want to die
I sometimes wish I'd never been born at all

I see a little silhouette of a man
Scaramouch, Scaramouch will you do the fandango
Thunderbolt and lightning, very, very frightening me
Galileo, Galileo

Galileo, Galileo
Galileo, Figaro, magnifico

But I'm just a poor boy and nobody loves me
He's just a poor boy from a poor family
Spare him his life from this monstrosity

Easy come, easy go, will you let me go
Bismillah! No, we will not let you go
Let him go

Bismillah! We will not let you go, let him go
Bismillah! We will not let you go, let me go
Will not let you go, let me go, never
Never let you go, let me go

Never let me go, oh
No, no, no, no, no, no, no
Oh mama mia, mama mia, mama mia let me go
Beelzebub has a devil put aside for me

For me (2x)

So you think
You can stone me and spit in my eye
So you think you can love me
And leave me to die

Oh baby, can't do this to me baby
Just gotta get out
Just gotta get right outta here

Oh, oh yeah, oh yeah

Nothing really matters
Anyone can see
Nothing really matters
Nothing really matters to me

Anyway the wind blows

Freddie Mercury
E no fundo eu sei que mesmo com tantas pessoas que eu posso contar, eu estou sozinha nessa..

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

"Bob Esponja: Patrick se você morrer antes de mim, você promete que onde você estiver, você vai perguntar se pode levar um amigo contigo?"
Flor, se você morrer antes de mim, você promete que onde você estiver, você vai perguntar se pode levar um amigo contigo?
Queria um dia poder expressar em palavras o carinho e o amor que sinto por você! Sabe.. a gente nota que o tempo passa, as pessoas mudam, os amigos mudam, mas mesmo assim, continuamos juntas!
Crescemos, amadurecemos, choramos, rimos, brincamos, brigamos, frescamos, e ainda estamos aqui..! Eu posso ter todos os amigos do mundo, mas tomar uma decisão sem consultar a Flora, jamais!
Posso ser grudenta algumas vezes, mas é porque quero está sempre perto de ti, flor! Quero demonstrar o quanto importante você é pra mim!E agora, mais uma vez vou te encontrar amanhã, desabafar, você vai primeiro fazer aquela cara de quem acha que eu tô errada, depois você vai me dar um abraço e me dar apoio, como é sempre, e mais tarde, depois da prova talvez, nós iremos retomar o assunto, mas logo mudaremos o papo, mais tarde na minha casa o papo vai voltar, mas dessa vez eu já estarei bem! Passei o dia conversando com você e terei certeza que fiz a coisa certa! E depois, daqui há alguns dias, semanas, ou meses talvez, estaremos rindo dessa cena, como todas as outras vezes! Você é meu apoio, minha mãe, minha irmã, minha AMIGA!
Eu te amo, só quero que saiba disso, e saiba o quanto é importante para mim, EU TE AMO(17/02)



"Flora: Lelê, se você morrer antes de mim, você promete que onde você estiver, você vai perguntar se pode levar um amigo contigo?"

Eu te amoo!(18/02)

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

"A vida te dá uma rasteira. Você cai, tropeça, o sonho borra a maquiagem, o coração se espalha. Você sente dor, perde o rumo, perde o senso e promete: Paixão nunca mais. Você sente que nunca irá amar alguém de novo, que amor é conversa de botequim, ilusão de sentido, que só funciona direito pra fazer música, poesia e roteiro de cinema. E você inventa. Um amor pra distrair. Um amor pra ins-pirar, um amor pra trans-pirar. Uma paixão aqui, um quase-amor ali. Ainda bem que existem os amigos, para amar, abraçar, sorrir, cantar, escrever em recibos e tirar fotos bonitas. E a vida segue. Sua imaginação te preenche, e seus amigos te dão colo, vodka e dias incriveis ."
— Fernanda Mello

E finalmente a semana acabou..!
Tava mais do que na hora, semana longa e turbulenta. Bem, longa quando ela queria, porque na hora que eu queria tempo ela só se apressava para mais um dia começar, mais um dia para eu suportar! VIVA O FINAL DE SEMANA! .fato

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

(: bem-estar


as vezes me perco pensando em seus beijos..
me perco deliciosamente, mas com alguma saudade, como sempre temos saudade de algo que passou e que foi bom.
só sei que passou e de certa forma estou feliz assim. conformada

desejo nesse momento tudo de bom pra nós!

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Sou abraços, sorrisos, ânimo, bom humor, sarcasmo, preguiça e sono. Música alta e silêncio. Serei o que você quiser,mas só quando eu quiser.

Clarice Lispector

"Passei mais da metade da minha vida no meu quarto.Queria engolir o mundo com tudo que tinha dentro.Você cresce e repara que já estava sendo engolido pelo mundo faz tempo."

Pc Siqueira
Se as pessoas estão sempre indo e vindo, eu só queria alguém minimamente eterno em sua duração, que me fizesse parar de achar normal essa história de perder as pessoas pela vida.

Verônica H.
Ou talvez eu só precise de férias, um porre e um novo amor. Porque no fundo eu sei que a realidade que eu sonhava afundou num copo de cachaça e virou utopia."
— Caio… pra variar.
"Seja como for, continuo gostando muito de você - da mesma forma -, você está quase sempre perto de mim, quase sempre presente em memórias, lembranças, estórias que conto às vezes, saudade…"
— Caio Fernando Abreu

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Deus, muito agradecida pelos finais de semana!


se não houvessem finais de semana haveria algo parecido! tenho certeza!
as pessoas se esgotariam se não fossem dois diazinhos - dois grandes dias, no diminutivo, pois frequentemente passam rápido - de um possível descanso mental e as vezes físico.
Ver sempre as mesmas pessoas todos os dias, vestir fardas ou roupas parecidas todos os dias, ter que estar atento a muuitíssimos assuntos que seguem confusamente na avenida da nossa mente.
Se não houvessem os finais de semana, provavelmente nossa Av. Mente seria um pleno engarrafamento!
E durante dois dias livres você pode dizer: Ufa! Ainda bem, tava precisando de descanso!
ou então:
Ufa! Ainda bem, tava precisando de dois dias de muita festa pra me esgotar de divertimento e livrar minha cabeça de tantas preocupações e meu corpo de tantas tensões!


BOM FINAL DE SEMANA!

traga o meu amor

o ritmo dos pingos ao cair no chão, só me deixa relembrar ..
tomara que eu não fique a esperar em vão por ela/ele que me faz chorar.

chuva traga o meu benzinho, pois preciso de carinho. Diga a ela/ele pra não me deixar triste assim..