sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

"Tô me afastando de tudo que me atrasa, me engana, me segura e me retém. Fui ser feliz, e não volto!”
Caio Fernando de Abreu

Alguém.

Vejam! É lindo.


Tô com saudades de você de baixo do meu cobertor, de te arrancar suspiros, fazer amor.
Tô com saudades de você na varanda em noite quente e o arrepio frio que dá na gente, truque do desejo. Guardo na boca o gosto do beijo...
Eu sinto a falta de você me sinto só. E aí? Será que você volta?
Tudo a minha volta é triste. E aí? O amor pode acontecer de novo pra você.
Palpite.

Tô com saudades de você, do nosso banho de chuva. Do calor na minha pele da lígua tua.
Tô com saudades de você censurando o meu vestido, as juras de amor ao pé do ouvido, truque do desejo. Guardo na boca o gosto do beijo...
Eu sinto a falta de você me sinto só. E aí? Será que você volta?
Tudo a minha volta é triste. E aí? O amor pode acontecer de novo pra você.
Palpite.


Quero ter alguém pra saber que esse VOCÊ da música é alguém que estou amando.
Um amado.

2011! A espera de mais um ano!

\o/

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

"Em 2011 desejo menos..."

Em 2011 desejo menos, muito menos do que tive esse ano. Menos decepções, menos coração partido, menos distanciamento das pessoas que eu amo, menos julgamentos precipitados, menos injustiça, menos falta de paciência, menos estresse, menos amores não correspondidos, menos medo, menos arrependimento, menos inimizades, menos saudade, menos falta de coragem, menos falsidade, menos dor, menos mentiras. Eu desejo que 2011 seja diferente, seja outra vida. Eu desejo viver.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010


"Então.. porque você desvia o olhar?"

- Então.. porque você desvia o olhar ?
- Ah. Porque eu tenho medo de altura. Tenho medo de cair para dentro de você. Há nos seus olhos castanhos certos desenhos que me lembram montanhas, cordilheiras vistas do alto, em miniatura. Então, eu desvio os meus olhos para amarrá-los em qualquer pedra no chão…

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Carta-desabafo-padrão

Nome da cidade, tanto de tanto de dois mil e tanto.Nome do destinatárioEnvio esta carta porque nunca mais quero você na minha frente. E dessa vez falo sério. Nunca mais quero ouvir a sua voz, mesmo que seja se derramando em desculpas. Nunca mais quero ver a sua cara, nem que seja se debulhando em lágrimas arrependidas. Quero que você suma do meu contato, igual a um vírus ao qual já estou imune.

A verdade é que me enchi. De você, de nós, da nossa situação sem pé nem cabeça. Não tem sentido continuarmos dessa maneira. Eu, nessa constante agonia, o tempo todo imaginando como você vai estar. E você, numas horas doce, noutras me tratando como lixo. Não sou lixo. Tampouco quero a doçura dos culpados, artificial como aspartame.

Fico pensando como chegamos a esse ponto. Como nos permitimos deixar nosso amor acabar nesse estado, vendido e desconfiado. Não quero mais descobrir coisas sobre você, por piores ou melhores que possam ser. Não quero mais nada que exista no mundo por sua interferência. Não quero mais rastros de você no meu banheiro.

Assim, chega. Chega de brigas, de berros, de chutes nos móveis. Chega de climas, de choros, de silêncios abismais. Para quê, me diz? O que, afinal, eu ganho com isso? A companhia de uma pessoa amarga, que já nem quer mais estar ali, ao meu lado, mas em outro lugar? O tédio a dois - essa é a minha parte no negócio? Sinceramente, abro mão. Vou atrás de um outro jeito de viver a minha vida, já que em qualquer situação diferente estarei lucrando. Mas antes faço questão de te dizer três coisas.

Primeira: você não é tão interessante quanto pensa. Não mesmo. Tive bem mais decepções do que surpresas durante o tempo em que estivemos juntos.

Segunda: não vou sentir falta do teu corpo. Já tive melhores, posso ter novamente, provavelmente terei. Possivelmente ainda esta semana.

Terceira: fiquei com um certo nojo de você. Não sei por quê, mas sua lembrança, hoje, me dá asco. Quando eu quiser dar uma emagrecida, vou voltar a pensar em você por uns dias.Bom, era isso. Espero que esta carta consiga levantar você do estado deplorável em que se encontra. Mentira. Não espero nenhum efeito desta carta, em você, porque, aí, veria-me torcendo pela sua morte. Por remorso. E como já disse, e repito, para deixar o mais claro possível, nunca mais quero saber de você.

Se, agora, isso ainda me causa alguma tristeza, tudo bem. Não se expurga um câncer sem matar células inocentes.

Adeus, graças a Deus.Nome do remetente.

P.S.: esta não é mais uma dessas cartas-desabafo.
P.S. do P.S.: esta é uma carta-desabafo-quase-música-de-Adriana-Calcanhoto.

Fernanda Young

e o que é o sofrer para mim que estou jurado pra morrer de amor?

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

trecho de "Afinal o que querem as mulheres?"


" - E aonde está meu pai agora?
- Meu filho, o mundo é muito grande. E você vai conhecer muitas coisas. Países, cidades, pessoas. Coisas que a sua mãe nunca sonhou em conhecer...
- Mas, mãe, você não vai tá lá?
- Não, a mamãe vai ficar em casa.
- Se você quiser eu te empresto os meus olhos."


Gente, o seriado é muito legal. Procurem no youtube se quiserem. http://www.youtube.com/watch?v=C8Z6CrWMJuA&feature=related
aí está o link do vídeo da parte que tem o trecho que está na postagem.
Beijos.

blog das apaixonadas

não adianta mentir pra quem nos conhece... basta nos conhecer um pouquinho mais que os outros e saberá que as escritoras deste blog estão apaixonadas!
Não eu por ela, por favor.. mas nós por outras pessoas. (pra quem não nos conhece, pelo contrário, se lesse esse começo provavelmente entenderia errado, por isso expliquei)
Qualquer coisa que apareça na nossa frente ou na nossa mente tem a ver com paixão. Até um copinho descartável solitário, por enquanto, olhando pra uma xícara formosa. Um filme, uma palavra, uma música, uma frase, um jogo, uma cor, um cheiro, e já lembramos de quem não esquecemos o dia todo.
As coisas que escrevemos ou pensamentos que passamos para outras pessoas se tornam repetitivos por que paixão, paixão toma uma pessoa pra si e força um querer muito bem a outra pessoa. É como se a paixão quisesse que você se completasse, como um gesto de caridade que a paixão nos oferece ao nos ver triste pelos cantos com saudade de um ombro amigo e mais que amigo.

se apaixonem, por mais que não forem correspondidos. É bom! Faz bem, é maravilhoso ter alguém pra pensar e sonhar.

domingo, 19 de dezembro de 2010

"..não estou sendo agressivo não, esperava de você apenas coisas assim, avenca, roseira.."

"...você cresceu em mim de um jeito completamente insuspeitado, assim como se você fosse apenas uma semente e eu plantasse você esperando ver uma plantinha qualquer, pequena, rala, uma avenca, talvez samambaia, no máximo uma roseira, é, não estou sendo agressivo não, esperava de você apenas coisas assim, avenca, samambaia, roseira, mas nunca, em nenhum momento essa coisa enorme que me obrigou a abrir todas as janelas, e depois as portas, e pouco a pouco derrubar todas as paredes e arrancar o telhado para que você crescesse livremente."

Caio Fernando Abreu

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Sabe como é isso?


Sabe quando a gente gosta de alguém? Não, não.. Não tô falando desse gostar de amizade, não. Algo que pareça ou que seja bem maior. Quando a gente passa o dia pensando nele/a e quando finalmente o/a encontra. Poxa, não sei se é um alívio ou se um desassossego e tanto nervosismo e coração batendo forte como se fosse numa história daquelas que vemos nos livros pra crianças e adolescentes.
Quando a gente encontra com a pessoa no recreio, aquela de um desejado beijo, ou até mesmo um abraço (já podendo satisfazer), se tiver um pouco de proximidade já não sai de perto e só quer sentir aquela presença boa... se não tiver nenhuma proximidade fazer de tudo pra chamar atenção é costumeiro de muitos apaixonados. Sentir. Sentir pra confirmar se o que sente quando está perto da pessoa desejada é o que ela ficou pensando o dia inteiro.
Olhando pra ele sempre achamos que estamos adorando alguma espécie de divindade e nos encanta. Logo em seguida, no mesmo tempo do recreio - enquanto os que estão ao seu redor comem e bebem e comentam como é que Eu gosto tanto daquela pessoa, só falo sobre ela, só isso - se pensa no sentimento, no sentimento paixão ou amor? O amor tão indefinível e prato cheio para as definições dos poetas. Será?
Já não sei e prefiro continuar a adorar e sonhar com o/a amado/a.
Tocou o sinal e no meio a zorra sua cabeça o/a segue pretendendo buscá-lo/a. Ele/a olha. Cruzou os olhos com você e saiu com sua turma... Saiu esperando que no próximo recreio eu vá até ele/a e eu esperando em sonhar outra vez com o beijo dele/a.
Sabe como é isso?
Sabe quando a gente se apaixona.
Sabe?

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Sweet Jardim

Plantei num jardim um sonho bom,
Mostrei meus espinhos pra você.
Faz que desamarra o peso das botas e fica feliz.
Abre o guarda chuva que hoje o sol desistiu de sair.
Esse perfume de alecrim
Trouxe de volta um sonho bom.
Posso até olhar pela janela
E recitar "une petit chanson"

Cantei pra você meus velhos tons,
Perdi seu ouvido pro jornal.
Eu trago a dança que me inspirou o café sem açúcar e tal
Analise o fundo da xícara, a esperança é igual.
Eu confesso só me resta a vida inteira.
Só me resta vida em mi maior e lá
Tiê

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

e agora, José!?


que será de mim, meu deus?!
pois é meu povo;
vou me confessar...
...
criei um tumblr. criei mesmo, com vontade. criei tudo o que eu não queria criar, um tempinho atrás. Ainda nem sei como usa aquilo, mas parece que se pode divertir com um tumblr. Vou tentar.
Gostei do que eu escrevi no tumblr e por isso vou colocar aqui pra vocês. Muitoos beijos, ainda prefiro vocês.
[A imagem citada no texto é a que está postada aií em cima]

"
A imagem é ideal pra muitas coisa na vida se não pra vida toda, pois por mais que você faça mil coisas, ou não faça nada, ou faça igual aos outros, ou crie seu próprio estilo, ou conciliando as duas coisas. Sei lá. Pras pessoas que fazem todas e quaisquer coisas e sentem, choram, riem, ficam com raiva, amam, suspiram, transpiram, vivem, afinal.

Depois de fazer tudo isso acabamos refletindo, de preferência olhando pruma paisagem bem bonito como essa que se mostra na imagem. E foi isso que eu vim fazer aqui no Tumblr quando as vezes não tiver uma paisagem linda na minha frente.

Bom, as pessoas estão aqui na Terra pra serem felizes e fazer com que sua temporada aqui valha a pena. Com intensidade, luz, paz e amor, muito amor!

Então sejam livres (com censo do que é bom e do que num é) e façam o que querem

. "

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

"Eu quis mudar o mundo, quis ser brilhante, quis ser reconhecida. Hoje eu quero bem pouco.."

"Não adianta me oferecer o discurso de faculdade-emprego-família como verdade absoluta. A gente não aprende a viver sentado numa carteira de colégio. Não é a fórmula de Pitágoras ou a definição de pronome oblíquo que vai fazer com que eu seja mais ou menos inteligente. Saber organizar informações burocráticas em série e ser programado roboticamente não faz de ninguém um ser humano repleto. Isso tudo só rende uma possível colocação relevante numa prova de vestibular, um êxtase momentâneo. A vida se aprende nas perdas. É perdendo a liberdade que a gente descobre que não se encaixa, é perdendo alguém que a gente descobre que não vale a pena lutar por futilidades, é perdendo o apoio que a gente descobre que o resto do mundo não para só porque nosso mundo parou. A gente vai aprendendo a viver assim, na marra, no grito, no sufoco, no impulso. Eu quis mudar o mundo, quis ser brilhante, quis ser reconhecida. Hoje eu quero bem pouco e prefiro me concentrar no agora do que planejar um futuro incerto. Eu me libertei da culpa e dei de cara com algo novo: não me encaixo, e aceito. Não é justo perder as asas no momento em que se descobre tê-las. É preciso poder voar, é preciso ter uma visão estratégica das janelas. Ver o sol e não poder tê-lo é absurdo.

Então eu deixo algumas coisas passarem incompletas porque tenho consciência de que certas palavras ainda não têm tradução. Por mais que eu grite, vai ter quem não entenda, não aceite. O que eu não aceito é ter nascido num mundo tão grande e conhecer só uma pequena parte. Vou voar. Quem conseguir compreender, que me acompanhe. "

— Sol - Verônica H.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

O que uma escritora Holandesa falou do Brasil!

Leia com atenção.

Os brasileiros acham que o mundo todo presta, menos o Brasil, realmente parece que é um vício falar mal do Brasil. Todo lugar tem seus pontos positivos e negativos, mas no exterior eles maximizam os positivos, enquanto no Brasil se maximizam os negativos. Aqui na Holanda, os resultados das eleições demoram horrores porque não há nada automatizado.

Só existe uma companhia telefônica e pasmem!: Se você ligar reclamando do serviço, corre o risco de ter seu telefone temporariamente desconectado.

Nos Estados Unidos e na Europa, ninguém tem o hábito de enrolar o sanduíche em um guardanapo - ou de lavar as mãos antes de comer. Nas padarias, feiras e açougues europeus, os atendentes recebem o dinheiro e com mesma mão suja entregam o pão ou a carne.

Em Londres, existe um lugar famosíssimo que vende batatas fritas enroladas em folhas de jornal - e tem fila na porta.

Na Europa, não-fumante é minoria. Se pedir mesa de não-fumante, o garçom ri na sua cara, porque não existe. Fumam até em elevador.

Em Paris, os garçons são conhecidos por seu mau humor e grosseria e qualquer garçom de botequim no Brasil podia ir pra lá dar aulas de ‘Como conquistar o Cliente’.

Você sabe como as grandes potências fazem para destruir um povo? Impõem suas crenças e cultura. Se você parar para observar, em todo filme dos EUA a bandeira nacional aparece, e geralmente na hora em que estamos emotivos..

Vocês têm uma língua que, apesar de não se parecer quase nada com a língua portuguesa, é chamada de língua portuguesa, enquanto que as empresas de software a chamam de português brasileiro, porque não conseguem se comunicar com os seus usuários brasileiros através da língua Portuguesa. Os brasileiros são vitimas de vários crimes contra a pátria, crenças, cultura, língua, etc… Os brasileiros mais esclarecidos sabem que temos muitas razões para resgatar suas raízes culturais.

Os dados são da Antropos Consulting:

1. O Brasil é o país que tem tido maior sucesso no combate à AIDS e de outras doenças sexualmente transmissíveis, e vem sendo exemplo mundial.

2. O Brasil é o único país do hemisfério sul que está participando do Projeto Genoma.

3. Numa pesquisa envolvendo 50 cidades de diversos países, a cidade do Rio de Janeiro foi considerada a mais solidária.

4. Nas eleições de 2000, o sistema do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) estava informatizado em todas as regiões do Brasil, com resultados em menos de 24 horas depois do início das apurações. O modelo chamou a atenção de uma das maiores potências mundiais: os Estados Unidos, onde a apuração dos votos teve que ser refeita várias vezes, atrasando o resultado e colocando em xeque a credibilidade do processo.

5.. Mesmo sendo um país em desenvolvimento, os internautas brasileiros representam uma fatia de 40% do mercado na América Latina.

6. No Brasil, há 14 fábricas de veículos instaladas e outras 4 se instalando, enquanto alguns países vizinhos não possuem nenhuma.

7. Das crianças e adolescentes entre 7 a 14 anos, 97,3% estão estudando.

8. O mercado de telefones celulares do Brasil é o segundo do mundo, com 650 mil novas habilitações a cada mês.

9.Telefonia fixa, o país ocupa a quinta posição em número de linhas instaladas..

10. Das empresas brasileiras, 6.890 possuem certificado de qualidade ISO-9000, maior número entre os países em desenvolvimento. No México, são apenas 300 empresas e 265 na Argentina.

11. O Brasil é o segundo maior mercado de jatos e helicópteros executivos.

Por que vocês têm esse vício de só falar mal do Brasil?

1. Por que não se orgulham em dizer que o mercado editorial de livros é maior do que o da Itália, com mais de 50 mil títulos novos a cada ano?

2. Que têm o mais moderno sistema bancário do planeta?

3. Que suas agências de publicidade ganham os melhores e maiores prêmios mundiais?

4. Por que não falam que são o país mais empreendedor do mundo e que mais de 70% dos brasileiros, pobres e ricos, dedicam considerável parte de seu tempo em trabalhos voluntários?

5. Por que não dizem que são hoje a terceira maior democracia do mundo?

6. Que apesar de todas as mazelas, o Congresso está punindo seus próprios membros, o que raramente ocorre em outros países ditos civilizados?

7. Por que não se lembram que o povo brasileiro é um povo hospitaleiro, que se esforça para falar a língua dos turistas, gesticula e não mede esforços para atendê-los bem?

Por que não se orgulham de ser um povo que faz piada da própria desgraça e que enfrenta os desgostos sambando.

É! O Brasil é um país abençoado de fato.

Bendito este povo, que possui a magia de unir todas as raças, de todos os credos.

Bendito este povo, que sabe entender todos os sotaques.

Bendito este povo, que oferece todos os tipos de climas para contentar toda gente.

Bendita seja, querida pátria chamada ...



Brasil!




falando em espalhar alegria...

manifesto

atire a primeira pedra, quem não sofreu, quem não morreu por amor. todo corpo que tem um deserto, tem um olho de água por perto. para ouvir basta abrir os poros, para aceitar basta oferecer. para que adiar um desejo de alguém que lhe quer tanto um beijo? quem de vocês resiste a uma tentação? quem pretende revogar a lei do coração? quem ousaria dessas vozes duvidar?
deixe a sua natureza se manifestar.

(Carlinhos Brown, Marisa Monte e Arnaldo Antunes)

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

... segure ela firme e abrace-a.

Enquanto ela segura suas mãos, brinque com seus dedos. Quando ela estiver com o rosto perto do seu e olhando nos seus olhos, não se demore, beije-a. Quando ela te bater, te chutar ou estiver com raiva de você, segure ela firme e abrace-a. Quando ela estiver quieta, ela está pensando em como te dizer que te ama. Quando ela te ignorar, quer dizer que ela quer toda sua atenção. Quando ela quiser ir embora, segure ela pela cintura e nunca deixe ela ir. Quando você a vê muito mal, diga o quão maravilhosa e especial ela é para você. Quando ela gritar com você, grite de volta que a ama se o sentimento for verdadeiro. Quando ela estiver com medo, abrace-a e diga que está tudo bem, pois você está com ela. Quando ela estiver preocupada com algo, beije-a e diga para ela não se preocupar. Quando ela virar as costas ou fugir de você, corra atrás dela e pegue-a pela mão. Quando ela estiver envergonhada, fale: eu te amo.
depois dessa manhã eu posso confirmar que muuuuitas pessoas gostam da escola onde estudam. Que até quando acabam as aulas ficam frescando por lá!
todos! nerds, não nerds, recatados, exibidos.. tudo o mais.
é todo mundo reclamando por férias, quando nas aulas e nas férias, passam o dia no colégio.
puff
parece até uma música do Chico César
"quando não tinha nada eu quis"
O nome da música é À Primeira Vista. Muito legal,por sinal.

beijos, boas férias.
:**

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Vestibular dos seus sonhos!

Ahh, se esse fosse o vestibular meeesmo.. [suspiro]
OBS: A imagem no blog ficou péssima, clique e a veja melhor! (:

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010


Ahn..
Esqueci de colocar uma imagem na postagem abaixo.
Creio que elas ajudem a chamar atenções!


sobre isso e aquilo outro

Ando querendo escrever sobre muitas coisas, mas na hora da inspiração não tive algum tipo de força que me fizesse ultrapassar as barreiras do cotidiano e escrever o que estava pensando na hora.
Sobre a vida, falando com amigos que fazia tempo sem contato, assistindo filmes, andando sob o Sol quente de Fortaleza, fazendo planos de vida, lendo crônicas, e tudo o mais que se pode fazer quando está de férias e quer tranquilidade e descanso.
Sobre as escrituras, já pensei em escrever sobre a vida minha amorosa e solitária, carente (Oh! Deus, pra quê tanto drama), sobre o xarope de guaco que eu estava tomando e seu significado, sobre o que é passar de crônicas de Clarice Lispector pra outras tbm boas de Martha Medeiros.
Enfim..
Amanhã é a entrega do boletim e estou bem..
acho que não é só isso que eu tenho pra falar, mas o que deu na telha pra escrever.
Abraços!!!
=DD