segunda-feira, 9 de maio de 2011


“E me dá uma saudade irracional de você. Assim, do nada.”

Caio Fernando Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário