domingo, 16 de outubro de 2011

Raspas e restos não me interessam.

Eu odeio tudo pela metade. Odeio amar pela metade, falar pela metade, ser pela metade, tratar pela metade, sonhar pela metade, sair pela metade, estar pela metade, ficar pela metade. Odeio conversar com alguém pela metade, falar com a metade de alguém, ter a metade de você. Se quer, vem! Não quer, sai! Se vinher, vem inteiro, cansei de ter só tua metade. Ter apenas metade de ti dói mais do que não te ter. Vem, por favor, vem. Nem que seja eu a completar tua metade, mas completa. (me) Completa.

3 comentários: