quarta-feira, 1 de março de 2017

e se?

Se eu morresse agora
Alguém leria esse papel?
Me diz
Se eu me fosse agora
Alguém enxergaria mais do que os pensamentos egocêntricos de uma suicida?
Me conta
Se eu partisse agora
Alguém encontraria a minha poesia no meio dos papéis rasurados e das cartas extraviadas?
Me fala
Se eu morresse agora
Alguém me transformaria em mar, música, poema ou grafia?
Me diz agora
Se eu me fosse
Alguma falta faria?
Me conta agora
Se eu partisse
Alguém me sentiria?
Me fala agora
Se eu morresse
Essa dor pararia?

letícia lima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário