sábado, 11 de setembro de 2010

eu sou, tu és, ele é..

“… a única verdade é que vivo. Sinceramente, eu vivo. Quem sou? Bem, isso já é demais.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário