terça-feira, 12 de abril de 2011

respeito e/é amor


Em São Paulo, agressões físicas acontecem muitas vezes por preconceito a homossexuais; agressão física numa parada de ônibus: ummorador de rua esfaqueou pessoas.

Meu deus, o que é isso?
Será qua não tem como reverter esse quadro ou talvez torná-lo menos horrível, pois,ao meu ver, assim não dá!!!
Como é que pode?
Tô chegando cada vez mais à conclusão de que,quando se fala de nossas atitudes, é mais difícil estar presente as coisas mais simples:
ao tomarmos algumas medidas,precisamos de coisas fundamentais como AMOR, RESPEITO, DIGNIDADE, HUMILDADE, etc.
Mas nessa situação de preconceito,discriminação e agressão aos homossexuais NEM O RESPEITO EXISTE! Poxa vida, se você acredita que isso é uma aberração da natureza, que o homem foi feito pra uma mulher,ou algo parecido, no mínimo continue acreditando!
Se puder analisar suas ideias,seus conceitos de amor, de união, dessas coisas boas e RESPEITAR as pessoas que pensam diferente de você faça isso!
Não dói...tenho certeza.
Um abraço aos homossexuais,sejam felizes como nós somos! Lutemos pela liberdade de opção sexual. ora bolas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário