terça-feira, 25 de junho de 2013

79.

loas à imperfeição!
quem me dera não ter
um pingo de receio
de desagradar
vá para a puta que o pariu
diria mil vezes
o rancor meu recheio
grande merda você
que perca, que afunde, que morra
queria boa porção de lama
e dormir o sono das injustas
desbocada? dá no mesmo, porra
tanto faz como tanto fez
vem cá você, sua pentelha
você não é de nada
e pronto
mil sessões de terapias poupadas

Martha Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário