sábado, 24 de janeiro de 2015

para essa gente, que sabe quem

existe gente assim: que não se vê e não se vive sem; que pouco se vê e tem muito a ver; que, vendo ou não, sempre vem [pra valer]. gente que eu sei quem, onde, quando, como e cada porquê. gente assim, que amo e tenho como irmão, irmão. de sangue, sem ser. gente única, que não se nomeia. que atende o toque de recolher. entende do silêncio. conhece os sinais. detém as senhas. gente suave, que não invade. pertence. está sempre. e sabe, além do verbo, ver. gente assim: que arde. de verdade.

Valéria Tarelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário