segunda-feira, 29 de novembro de 2010


A chuva me traz um cheiro bom de infância.
Um sorriso tímido no rosto e profundo.
Um clima bom de namoro.
Um barulho bom de sossego, ou de sono.
Chuva traz um querer de cobrir-se.
Chuva traz um querer de liberdade.
Um sorriso largo de quem vai dançar com alegria e alma.


Flora

Nenhum comentário:

Postar um comentário